Patentes x Software Livre

Como o título do tópico esclarece, um dos maiores temas de debate entre os profissionais de tecnologia é a organização de empresas com o critério de Software Livre (gratuito e código fonte disponível) ou Software Proprietário (pago e com o código patenteado).

Eu, graças a contribuição de muitos amigos, consegui me Pós-graduar como Especialista em Software Livre pela Católica de Brasília, porém tenho a convicção que os desenvolvedores de sistemas devem ter uma origem de recursos (dinheiro) em troca dos serviços prestados.

Pode-se conceber a base atual de software livre como um conjunto de componentes que sejam reutilizados na construção de Software Patenteado. Até mesmo porque não é coisa simples entender um código fonte qualquer.

Também podemos contar com as garantias fornecidas via contrato, na aquisição de Software Patenteado.

Realmente, trata-se de um assunto controverso.

Para dúvidas, mande uma mensagem para: https://twitter.com/adriano54321 .