Devemos buscar o equilíbrio


Para meditar:


- Existem os que se acham bons e injustiçados pela vida; também há os que são cruéis consigo mesmos e só veem maldade nos próprios atos;

- Existem os que servem horas seguidas de trabalho; e também existem os que vão além dos próprios limites;

- Existem aqueles homens que podem vencer o mundo; e também existem aqueles felizes nas esquinas e nos bares;

- Existem aqueles que tem medo de segurar uma ferramenta, por achar que alguém já fez melhor e não são dignos; e também aqueles que usam uma ferramenta e se acham melhores que os outros;

- Existem aqueles que comem e bebem, mas são infelizes; e também os que jejuam e se sentem santos;

- Existem os que temem a morte e desconhecem os muitos reinos; e também os que já viram muitas mortes e se julgam imortais;

- Existem os que se sacrificam pelo amor e se julgam donos de alguém; e também os que morrem de medo de amar em nome de um amor maior que não conhecem;

- Existem os que explicam o universo com poucas frases; e há também os que criam ouro a partir de complexos processos químicos e tem a fé cega;

- Existem os que não vêem ninguém além de si mesmos e sofrem a solidão do poder; e também há os que abriram mão de tudo e são caridosos;

- Há os que pensam estar vestidos e estão nus, que pensam cometer um crime e salvaram outrem.



Todos estamos no mundo, e todos precisamos de Deus!