Metodologia Ágil de Desenvolvimento de Software



Pessoal,


A seguir, um material organizado para fundamentar a experiência de desenvolvimento de software segundo o modelo ÁGIL.


Concepção do Modelo Ágil:
- Processo de desenvolvimento baseado em interação com o negócio e entregas rápidas de software.


Coordenação de Equipes:
Desenvolvimento Iterativo;
- Incremental com Pre-Game, Sprint e Post-Game;
Reunião de planejamento;
Reunião de validação e entrega (Sprint Review);
Reunião de lições aprendidas e adaptações (Sprint Retrospective);
- Reunião de acompanhamento diário (Daily Scrum);
Gerenciamento de Riscos (Impediment Backlog);
Confecção e Acompanhamento do Gráfico (Release BurnUp).


Gestão das Necessidades do Produto
Criação de Requisitos com Product Backlog;
Ranking do Product Backlog;
Estimativa e Reestimativa de tamanho do Product Backlog (Ideal Days);
Priorização do Product Backlog;
- Criação de Atividades no Sprint Backlog;
Definição do Conceito de "Pronto" (Done);
Prática de Visão Compartilhada (Shared Vision) com definição e reconvenção do Sprint Goal;
Estimativa e Calibração de Velocidade.



Controle de Mudanças no Software e Testes
- Propriedade Coletiva de Código (Time Inteiro);
- Solicitação de Mudanças Leves (LightWeight Change Request).



Papéis a serem estabelecidos e desenvolvidos durante a fase:
Product Owner, Scrum Master, Scrum Team, Stakeholder e Management.



Artefatos a serem estabelecidos e desenvolvidos durante a fase:
Product Backlog: Pilha de trabalháveis priorizada (requisitos, defeitos, refatoração);
Sprint Backlog: Pilha de atividades a serem trabalhadas em uma iteração (Sprint) pelo Scrum Team;
Impediment Backlog: Pilha de riscos e impedimentos menores revisada diariamente e trabalhada pelo Scrum Master;
- Sprint Agile Radiator: Quadro de gestão ágil ‡ vista com indicadores e controles de andamento diariamente revisados;
Retrospective Backlog: Pilha de lições aprendidas, organizacionais e para o Scrum Team, mantida a cada iteração.


Controle de Mudanças no Software, Testes e Desenvolvimento (Avançado)
Teste Concorrente (JIT - Just-In-Time) e Automatizado;
Práticas de Verificação Manual (Technical Review Meeting) e Automatizada;
Versionamento Concorrente;
Estratégia de Estruturação de Testes (Funcional/Aceitação, Integração End to End, Ambiente, etc.);
Entrega Contínua (Continuous Delivery);
Integração Contínua (Continuous Integration);
Programação em Pares (Pair-Programming);
- Desenvolvimento Dirigido por Testes (Test-Driven Design - TDD).



Papéis a serem estabelecidos e desenvolvidos durante a fase:
Estratégia de Gestão de Conhecimento para formação de perfil genérico-especialista;
Program Owner;
Scrum Team - Tester (membro do Scrum Team com especialização em testes);
Scrum Team - Publisher (membro do Scrum Team com especialização em especificação);
Stakeholder Prime.



Mais tarde aprofundaremos os conceitos


Fiquem com Deus!